Skip to content

As vantagens de escrever artigos

Escrever artigos com regularidade pode trazer grandes vantagens, mas acima de tudo é essencial para manter a saúde do nosso blog.

Mas não fique focado ou obcecado, para que tenha de escrever aquele número de artigos por semana apenas porque dizem que deve fazer isso… O que é certo é que a falta de artigos em blogs ou simplesmente a não frequência de escrever no blog pode ser prejudicial para o seu projeto.

Muito se fala em que é necessário escrever 5/6 artigos por semana para ter um projeto de sucesso na Internet. Mas cada caso é um caso! Conheço blogs que só escrevem 1 ou 2 artigos por mês e são um sucesso. O melhor é serem vocês próprios a testarem a frequência das postagens no seu blog e a partir daí tirar as suas próprias conclusões.

Como é óbvio, quantos mais artigos escrevermos, mais páginas serão indexadas no Google, mais vezes os visitantes voltam ao blog, a probabilidade de ter mais páginas bem posicionadas é muito maior e a fluidez dos seus conteúdos estarem “espalhados” na Internet é também muito maior e mais rápida…

Para além disso essa grande frequência de escrever artigos estamos também a melhorar e a contribuir para SEO. Principalmente na estratégia de links internos que é muito importante para o visitante e também para o Google.

Portanto as vantagens de escrever artigos são muitas e cada vez mais devemos ter em conta a qualidade daquilo que escrevemos. Devemos perceber aquilo que os nossos visitantes e seguidores procuram e dar-lhes o que eles querem como resposta!

Mas, especialmente para aqueles que são novos no mundo online, quase sempre surge a pergunta: o que escrever e quantas vezes escrever? Resposta: testem… Este seria outro assunto para outro artigo.

Miguel Brandão on FacebookMiguel Brandão on FlickrMiguel Brandão on InstagramMiguel Brandão on LinkedinMiguel Brandão on TwitterMiguel Brandão on Youtube
Miguel Brandão
Miguel Brandão
Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui também estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Desde 2004 que trabalho Online para clientes e projetos próprios. Atualmente sou CEO da SEOlabs.pt com serviços de SEO. Sou responsável de diversos sites e blogs de diversos nichos em Portugal, Espanha, Brasil, Colômbia e Peru.

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Comments (33)

Boa, excelente artigo e uma boa análise!
Continua o excelente trabalho e partilha!

Obrigado e abraços.

Responder

Algumas das pesquisas são mesmo bizarras, obrigado pela partilha, Miguel

Responder

Viva João, tudo bem?

Sim, de fato são mesmo estranhas…O que assusta! É a realidade…
Abraços.

Responder

IRADO Miguel! Muito bom Artigo meu amigo! Você como sempre detonando 😀

Responder

Oi Rodrigo! E aí, tudo bom?
Pois tem que ser, sempre atentos 🙂

Abraço amigo.

Responder

Isso só mostra que o Google ainda não está preparado para tamanha indexação de conteúdo de Black-Hat, pois os mesmo conseguiram resultados em poucas horas… Enquanto isso quem trabalha duro com SEO White-Hat mal consegue indexar uma página em 1 mês.

Responder

Excelente artigo, valeu Miguel.

Responder

gostei bastante do conteúdo, realmente é bastante importante a produção de conteúdo de qualidade como este que eu acabei de ler. estou sempre acompanhando o mais web marketing. parabéns!

Responder

Olá Zaqueu Souza.
Obrigado por acompanhar meu blog.
Se quiser pode também sugerir, conteúdos que gostaria de ver aqui escritos.
Abraços.

Responder

É bom ter cuidado com os artigo comprados, certa vez comprei alguns artigos que eram parcialmente plágio.

Responder

Verdade Matheus, também comprei artigos de freelas e eram quase 100% plágios. Por isso é melhor seguir o que diz Miguel Brandão e escrever os próprios artigos, além do que assim aprendemos mais sobre o tema escrito. Estou começando como blogueiro e a cada vez que escrevo aprendo mais.

Abs,

Responder

Olá tudo bem / Espero que sim, estou acompanhando este site á um tempo e estou adorando os conteúdos que encontro aqui.
Parabéns! Agenda de Mano Walter

Responder

Eu particularmente acho que mesmo com as infinidades de opções de criação de artigo a melhor, mais segura e produtiva é você mesmo redigir. Como alguns já comentaram acima você pode ser alvo de plágio, por exemplo.

Responder

Excelente Artigo Miguel !

Concordo contigo que tudo é teste . As vezes nem um blogueiro tem tempo suficiente para produzir bons artigos.

Muitos blogueiros terceiriza a criação de artigos. Se isso dá certo , vai depender da sua necessidade e de qual nicho de mercado você trabalha além de tomar cuidado na escolha do redator.

Responder

OLá,
Obrigado pelo seu comentário aqui no Blog.
Fico feliz pro ter gostado da minha opinião.
Abraços.

Responder

Eu tento manter a média de 1 artigo por dia no meu blog, mas acho que 2 artigos por semana já está ótimo para quem está começando um novo projeto.

Responder

Será que vale pena usar aqueles geradores de conteúdo automático, fico na dúvida se ele não vai copiar conteúdo e ficar igual pra todo mundo.

Responder

Olá Gabriel.
Obrigado por seu comentário.
Eu não recomendo que faça isso, isso será conteúdo duplicado e não vai acrescentar em nada aos seus visitantes!
Conteúdos originais são sempre a melhor solução.
Mas lembre-se: a roda já foi inventada 🙂

Grande abraço.

Responder

Obrigado pelas dicas.Valeuuu

Responder

Excelente artigo, Miguel. Parabéns!
Produção de conteúdo é fundamental para o crescimento do blog. São dicas valiosas.
Sucesso a todos.

Responder

Procuro sempre criar conteúdo de qualidade para meu público aqui no Brasil, sempre! Mais um excelente artigo meu amigo, parabéns!

Responder

Verdade Rafael, excelente artigo. Quanto mais escrevemos, mais praticamos e aprendemos… Parece que com o tempo as coisas fluem melhor devido a prática. Também sempre recomendo aos meus amigos blogueiros escreverem ao invés de terceirizar.

Abs,
Valdomiro Brandão

Responder

Belo Poste era o que procurava, venho acompanhando alguns post deste site e estou adorando ler-los.
Parabéns …

Responder

Belo Post era o que procurava, venho acompanhando alguns post deste site e estou adorando ler-los.

Responder

Sem dúvida escrever artigos é cansativo demais quando se tem vários projetos, mas também não há dúvidas que escrever aprende-se muito sobre o assunto e com o decorrer do tempo você fica um expert em criação de artigos que você nem percebe.

Att,

Jefferson Silva

Responder

Olá! Tenho muitas dificuldades em criar artigos para o meu blog. Agradeço pelas dicas que muito ajudaram.

Responder

Já vi alguns gurus do marketing digital falar sobre esta vantagem, mas creio que é verdade, pois sempre compro artigos e continuo comprando por que não consigo escrever, não desenvolvi este técnica. E depois deste artigo vou começar a praticar para desenvolver esta metodologia.

Bjos,
Mariana

Responder

Obrigado Mariana por sua opinião sobre esta temática.
Vá em frente, vai conseguir.

Abraço,
Miguel Brandão.

Responder

E quanto ao tamanho dos artigos? Será se devemos nos preocupar em escrever muito para se beneficiar no google ou de forma objetiva pensando no nosso leitor? Isso é uma grande questão (rsrsrs).

Responder

Olá Rafael.
Boa questão.
Na minha opinião deve escrever o melhor possível para dar uma resposta super completa ao usuário sobre o que está procurando.
A partir daí, o usuário e o Google fazem o resto 😉
Abraços.

Responder

eu acho que procrast5ino muito no meu blog. mais quero melhorar. Obrigada pelas dicas. Bjos.

Responder

Olá, estou começando a escrever artigos científicos e percebi que tenho muita dificuldade. Esse post me esclareceu muitas coisas, muitíssimo obrigado e já me cadastrei.

Responder

Estou me esforçando para aprender também. Já ouvi comentários em grupos que alguns redatores plagiam parte do conteúdos que eles criam e isso pode prejudicar seriamente a reputação do blog. Obrigada pelos esclarecimentos.

Bjos,

Michelly Baptysta

Responder