Skip to content

Search Engine Optimization – SEO ainda vale a pena?

SEO – Search Engine Optimization permite que as páginas de websites/blogs/Lojas online, etc, tenham visibilidade nos resultados dos motores de busca e como consequência pode aumentar as visitas e as receitas de forma natural. Ou seja, o seu blog pode ser encontrado por quem anda nos motores de busca da informação que pretende.

Atualmente, com as constantes atualizações do algoritmo do Google as estratégias de Search Engine Optimization estão sempre a mudar e a aprendizagem e a busca de novas estratégias são cada vez mais intensas. Neste sentido os resultados podem demorar a aparecer, estou a falar de meses, que podem ser mais de 3, 6 ou mais…

Mas como é evidente, cada caso é um caso, tudo depende das palavras a optimizar, para qual dos Google queremos posicionar(Google.com.br/Google.com/Google.pt, etc), analisar a concorrência, etc. O posicionamento de páginas web para os motores de busca utilizando estratégias de SEO dependem de muitos fatores.

Por exemplo no marketing para os motores de busca, uma página web com muitos links de entrada com qualidade, irá obter uma grande melhoria para a posição em torno dos resultados finais nos resultados do Google.

Mas, nem sempre é fácil conseguirmos “esses links de qualidade”, exige um trabalho continuo e muitas horas em busca de bons websites de qualidade para conseguirmos desse modo deixar os links que pretendemos.

O profissional de SEO, irá necessitar de tempo para tentar posicionar várias palavras-chave ou termos de pesquisa para captar visitas orgânicas. Este tempo e trabalho tem de ser compreendido por que o contrata e depois está sempre presente a possibilidade de acontecer algo de ruim…

  • Quedas nos resultados
  • Atualizações do algoritmo
  • Ataque da concorrência(sim, isto acontece)
  • Penalizações
  • Websites com links que apontam para o nosso projeto(back links) são penalizados, logo, perdemos esse valor também.
  • Técnicas desatualizadas de um dia para o outro,
  • Etc…
Exemplo de queda momentanea no Google
Neste gráfico podemos ver um exemplo de uma queda repentina nos resultados do Google

Mas, afinal ainda valerá a pena apostar em SEO?

Na minha opinião: claro que sim! Sem dúvida!

Em determinadas áreas, já começa a tornar-se muito difícil posicionar para os principais termos. Como por exemplo; hotéis, carros, férias, etc, etc…O próprio Google tornou as coisas difíceis para os resultados orgânicos, grande parte da primeira página já é publicidade(Adwords), vídeos do YouTube, resultados da sua proximidade da pesquisa, etc. Sobra pouco espaço para os resultados orgânicos.

No entanto, há ainda possibilidades de conseguirmos fazer aparecer as nossas páginas nos resultados dos motores de busca, para as palavras-chave com termos. Variações das palavras-chave principais com 2, 3 e até 4 palavras. Exemplo: hotéis na praia de 4 estrelas.



Para além do principal objetivo ser o posicionamento de páginas web nos motores de busca utilizando estratégias de search engine optimization, é muito importante aumentar também as visitas. Para isso é necessário dar um impulso no tráfego para o seu website é possível criar e distribuir artigos para partilhar online.

Os diretórios na web podem ser uma solução, mas é necessário ter muita atenção e analisar este tipo de diretórios para que o Google não nos penalize. Estou a entrar por estratégias de Link Building que ainda funcionam e que o Google ainda valoriza, mas aqui é necessário ter muito cuidado e analisar muito bem onde criamos backlinks.

Mas ainda há outros fatores importantes, que parecem ser de pouco valor mas são de extrema importância. Vamos imaginar que conseguem colocar a vossa página na primeira página do Google, porque motivo os visitantes vão clicar nesse resultado?

Temos de ter em atenção o título a URL e a discrição que temos em cada página, porque é isso que nos vais diferenciar dos outros restantes resultados! Pois é, mais uma vez o Search Engine Optimization entra em ação!

Como resultado, esta estratégia – SEO – dá muito trabalho e exige continuação mesmo depois de um bom posicionamento porque é necessário manter as posições e ir posicionando outras. Este é um processo que pode levar vários meses e até anos.

Mas o resultado será que valerá a pena?

Vou partilhar aqui neste artigo, a minha experiência com uma empresa que trabalhei o SEO. Quando cheguei à empresa o responsável disse-me: temos uma loja online fantástica, com produtos fantásticos mas não temos encomendas, não temos visitas e queremos aumentar tudo isto!

Ok, vamos a isso. Mas, apenas podia apostar no SEO porque não existia budget para NADA. Anúncios pagos estavam fora de questão.

Depois de analisar muito bem o que tinha em mãos(era um nicho de mercado com muita concorrência e tinha de fazer tudo do ZERO), reuni com o responsável da empresa e coloquei os pontos nos “is”. Disse-lhe que ia trabalhar o SEO e alertei para o tempo que poderia demorar, eu para me salvaguardar falei no mínimo em 6 meses para se começar a ter alguns resultados, mas que até 1 ano as vendas iriam aumentar.

Como é óbvio para um responsável de uma empresa que quer resultados para ontem, começou a torcer o nariz e não gostou muito do que ouviu. Mas também lhe disse, se quiser avançar é este o tempo, se não quiser, amigos na mesma.

Claro que tive de explicar e o educar sobre estas questões de SEO, mas avançámos! Coloquei em prática todo o meu conhecimento, e muitas vezes apostei em técnicas quase a “roçar” BlackHat. Mas teve de ser.

No final dos primeiros 2 meses surgiu um cliente, vindo da Internet que tornou-se o melhor cliente de sempre da empresa! Ao fim de 6 meses de trabalho já tínhamos obrigatoriamente 2 pessoas só a fazer orçamentos que vinham de visitantes da Internet.

Eu apenas tinha posicionado os termos-chave e não a palavra-chave principal. Os orçamentos continuavam a cair e a aumentar. Quase a fazer 12 meses a principal palavra-chave estava na primeira página do Google!

Apenas com o Search engine Optimization tinha conseguido aumentar as vendas da empresa! Mas o que ganhei com isso foi: pronto trabalho feito, gostámos muito mas já não precisamos mais de você! Foi mais ou menos isto que me disseram!

Fiquei f*** com aquela decisão e mentalidade de m****, mas por outro lado disse, muito bem, daqui a alguns meses vai voltar a contactar-me e aí eu não vou estar mais disponível! O responsável da empresa, pouco se importou com isso, porque na ideia dele era: sai um mas entre outro e já está, mas nem sempre as coisas são assim tão lineares…

O que é certo é que depois alguns bons meses tinha umas chamadas não atendidas no meu telefone desse Sr. dessa empresa, mas eu nem respondi, nem quis saber.

Há pouco tempo, soube que essa mesma empresa tinha fechado com dividas a fornecedores e até a clientes!

8383141082_72c33b2f13_o
Photo Credit: Bob Massa via Compfight cc

Mas mesmo assim, apostar em SEO ainda valerá a pena? Se tivermos de apresentar resultados para outras empresas, pode tornar-se um pouco perigoso dizer que sim. Na minha opinião o que devemos fazer é explicar muito bem e principalmente educar os responsáveis que vamos mostrar os resultados.

Para quem faz a gestão de blogs(blogueiros), aqui a minha resposta é: claro que sim, é obrigatório elaborar estratégias de search engine optimization.

Ainda há gurus e artistas que dizem que “isso do SEO são umas cenas de programação” e já está… Enfim…

Para mim SEO é uma estratégia que aplico em todos os meus projetos pessoais na web, nunca paguei nada(Adwords, Facebook, etc). Pode demorar mas no final a recompensa é maravilhosa e o objetivo é concluído!

 

Miguel Brandão on FacebookMiguel Brandão on FlickrMiguel Brandão on InstagramMiguel Brandão on LinkedinMiguel Brandão on TwitterMiguel Brandão on Youtube
Miguel Brandão
Miguel Brandão
Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui também estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Desde 2004 que trabalho Online para clientes e projetos próprios. Atualmente sou CEO da SEOlabs.pt com serviços de SEO. Sou responsável de diversos sites e blogs de diversos nichos em Portugal, Espanha, Brasil, Colômbia e Peru.