Skip to content

O futuro do marketing digital entre 2012 e 2015

Estamos quase, quase a entrar em 2012 e já começamos a pensar nos próximos anos que estão pela frente em termos de Marketing Digital. Algumas pesquisas apontam que o investimento em Marketing Digital chegou a 10% no orçamento de marketing das empresas fora dos E.U.A. Existe uma previsão que até 2015 essa percentagem aumente para 90%.

Eu acredito que isso possa acontecer em menos tempo. Nos E.U.A. a aposta no Marketing Digital já é maior do que no Marketing tradicional, portanto a tendência no resto do mundo é seguir aquilo que vai acontecendo na maior economia do mundo.

O grande medo de investir em Marketing Digital

Muitos empresários ainda persistem no mito de que o Marketing Digital pode ser utilizado somente por grandes marcas, de que não trás grandes negócios e que só é desperdício de tempo! Agora mais do que nunca é preciso entender que o marketing digital não é nada mais do que Marketing mas utilizando outro ambiente, neste caso o digital.

No que se refere ao futuro e as tendências do Marketing Digital  de fato o cenário é bastante favorável, porém, precisamos entender que o marketing digital já faz parte do nosso presente.  A necessidade de estar presente nesse meio é cada vez maior, posso afirmar que se tornou obrigatória, nenhuma empresa pode ficar à espera porque a concorrência vai ficando cada vez mais à nossa frente.

O Marketing Digital será útil no futuro?

Para responder a esta questão gostaria de partilhar o vídeo em baixo onde explica exactamente esta questão.

Miguel Brandão on FacebookMiguel Brandão on FlickrMiguel Brandão on InstagramMiguel Brandão on LinkedinMiguel Brandão on TwitterMiguel Brandão on Youtube
Miguel Brandão
Miguel Brandão
Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui também estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Desde 2004 que trabalho Online para clientes e projetos próprios. Atualmente sou CEO da SEOlabs.pt com serviços de SEO. Sou responsável de diversos sites e blogs de diversos nichos em Portugal, Espanha, Brasil, Colômbia e Peru.