Home / SEO / Nuvem de Tags – pode ajudar em SEO?

Nuvem de Tags – pode ajudar em SEO?

Tenho visto muitos blogs com nuvem de tags, inclusive aqui no blog Mais WebMarketing neste momento também estou a utilizar uma nuvem de tags que está no fundo do blog. Mas qual será o motivo para que tantos websites e blogs utilizem a nuvem de tags nos seus projectos web? Na minha opinião poderá ser por dois motivos:

  1. A estética que uma nuvem de tags pode dar – caso seja em flash ou em código, há quem goste das palavras-chave a rodarem entre elas.
  2. Por motivos de SEO – pensarem que a utilização de várias palavras-chave agrupadas e algumas destacadas a negrito, outras em tamanho maior possam ajudar na indexação e posicionamento do blog/website.

Certamente poderão existir outros motivos, como o “estar na moda“, ou seguir o que os outros fazem, por exemplo se outros blogs colocaram uma nuvem de tags, no meu também vou colocar! Mas será que uma nuvem de tags pode ajudar de alguma forma na estratégia de SEO ? Será que pode ajudar na indexação e posicionamento? É o que vamos ver neste artigo.



Nuvem de Tags

Uma nuvem de tags é uma representação visual de palavras/tags geradas automaticamente. Essas palavras/tags são normalmente mostradas por ordem alfabética e a frequência é mostrada pelo tamanho da fonte e/ou cor. Há diversas ferramentas na web para a criação de nuvem de tags, no próprio WordPress já vem instalado de raiz esta opção. Caso queira colocar uma nuvem de tags no vosso blog, partilho aqui 2 ferramentas online para poder criar da forma que quiser uma nuvem de tags; TagCrowd e TagCloud.

A nuvem de tags – vantagens?!

Para percebermos melhor quais as vantagens ou não da utilização da nuvem de tags em blogs e websites, nada melhor do que Matt Cutts para nos explicar. Recomendo a visualização do vídeo em baixo para ficar a perceber como o Google vê as nuvens de tags e qual o valor que lhes dá para o ranking no seu motor de busca.


Para poderem activar as legendas em PT-Br  é só clicar no botão do vídeo “CC” e em “traduzir legendas”, escolher o idioma Português.
 

No vídeo Matt Cutts diz-nos que não devemos abusar na quantidade de palavras na nuvem de tags porque pode ter um efeito negativo no posicionamento e indexação. Não recomenda a utilização de nuvem de tags em flash por motivos que já se sabe – o flash não é muito “amigo” dos algoritmos do Google.

Recomenda que ter uma nuvem de tags com o objectivo de incentivar os visitantes a clicar é uma boa solução, porque assim vão visitar mais páginas.

Diz-nos também que as tags são elementos importantes de SEO mas que isso não significa abusar e mostrá-las todas concentradas num só espaço. Mais uma vez Matt Cutts reforça a ideia de que devemos concentrar-nos nos visitantes e não em SEO. As nuvem de tags podem ser muito úteis para o visitante porque aí pode encontrar o que procura.

 

Conclusão

Aqui no blog Mais WebMarketing estou a utilizar uma nuvem de tags já há alguns meses, principalmente para perceber e ir testando se ao utilizar esta “técnica de SEO” poderia obter melhores resultados de indexação e posicionamento. A conclusão que tiro da utilização da nuvem de tags depois de analisar com o Google Analytics é que não influência em NADA. E desta vez dou mesmo razão a Matt Cuts!

Tive o cuidado de não exagerar na quantidade de palavras porque já sabia que podia ter um efeito contrário e negativo, tentei utilizar cores que se enquadrassem com as cores do blog para não chocar visualmente os visitantes e coloquei no fundo do blog para não a destacar, porque não tinha qualquer interesse em dar destaque à nuvem de tags. Portanto, na minha opinião a utilização da nuvem de tags só poderá ter uma vantagem(se é que podemos chamar de vantagem); é chamar à atenção do visitante!

Eu coloquei no fundo do blog propositadamente com essa mesma intenção, quando o visitante navegar até ao fundo do blog as palavras-chave poderão de certa forma incentivar ao clique devido ao seu tamanho e também à cor que dá mais destaque às palavras. Desta forma poderemos agarrar o visitante mais tempo dentro do blog e também incentivar a visita a outras páginas dentro do blog.

Cliques nas palavras-chave da nuvem de tags no fundo do blog Mais WebMarketing – Google Analytics na página.

Na imagem retirada do Google Analytics do blog Mais WebMarketing podemos ver a percentagem de cliques na nuvem de tags (O que Procura?). Como já referi, esta poderá ser a única vantagem da utilização da nuvem de tags – incentivar o clique!

E voçês já fizeram o teste da utilização da nuvem de tags no vosso blog?

Sobre Miguel Brandão

Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Trabalho com a Internet desde 2004 em WebDesign, SEO, SEM, WebMarketing, Email Marketing, Link Building, Landing Pages e posicionamento de websites.

Check Also

SEO onpage

SEO on-page: como criar uma página perfeita(2016)

Para quem escreve conteúdos, deverá ter sempre em conta uma boa optimização. Porque os textos ...

Um comentário

  1. jefferson

    fazer um jogo estilo o obbo