Home / Marketing Digital / A importância do Marketing Digital

A importância do Marketing Digital

O marketing digital tornou-se em pouco tempo, uma das prioridades de investimentos em publicidade e em todas as vertentes no digital. Isto porque a praticidade, dinamismo, acessibilidade à internet e, principalmente, as redes sociais permitiram que houvesse uma otimização dos negócios e uma proximidade ainda maior com os consumidores.

Apesar das inúmeras vantagens do ecossistema digital, é comum algumas(diria várias) empresas apresentarem dificuldades em compreender a dinâmica do marketing digital, ou mesmo como exercer o seu bom funcionamento e as melhores práticas.

É importante o Marketing Digital para todas as empresas?

É muito mais comum do que se imagina diversas marcas entrarem no ramo digital sem promover ações de marketing e principalmente sem qualquer planeamento ou estratégia.

Isto acontece devido à maior parte das empresas acreditarem que só a publicidade será capaz de fazer determinado produto ter sucesso e também à grande facilidade e simplicidade que as plataformas/websites de redes sociais e outro, conseguiram implementar.
Hoje em dia qualquer pessoa com pouco conhecimento nestas matérias, consegue criar uma página no Facebook ou outra rede e assim começar a divulgar o seu negócio, mas o problema vem depois…

Inicialmente, até pode funcionar, mas a longo prazo, o esperado pode não acontecer. Por isso, mais tarde ou mais cedo será necessário contratar uma agência ou um profissional para a sua equipa na empresa.

Além disso, outro fator que pode comprometer o bom desempenho no Marketing Digital é uma empresa contratar determinado serviço e ficar à espera que aconteça um milagre nas vendas. Todos os investidores esperam ver resultados e de preferência bem rápidos(o que não corresponde à relaidade) e para isso, é necessário desenvolver ações, planeamento e metas objetivas, incluindo, é claro, o melhor valor de ROI que se adeque as exigências necessárias. Mas já lá vamos.

A importância de criar conteúdo no marketing digital

O Marketing Digital no fundo é todo um ecossistema digital onde estão inseridos diversos canais e que podemos divulgar informação junto dos nossos potenciais clientes. Esses canais digitais podem ser por exemplo: redes sociais, email marketing, SEO, content marketing, Ads, vídeo etc…

A produção de conteúdos serve para cada um destes canais servem para atrair os potenciais clientes, divulgar os produtos/serviços mas tudo depende dos objetivos. Sim, é necessário termos objetivos bem definidos na nossa estratégia de Marketing Digital.

Por exemplo: independente de como se usa as redes sociais, o que é importante é a qualidade do conteúdo produzido. Conteúdo relevante gera links, partilhas, gostos/curtidas e muito mais, o que para o trabalho em SEO é muito boa ajuda.

No ranking dos motores de busca, os resultados de uma pesquisa, as páginas são analisadas pelo Google e  basicamente, sob dois aspectos;

  1. Um deles é a compatibilidade da pesquisa do usuário com o conteúdo da página.
  2. O segundo aspecto é a importância do site e se esse site é uma referência confiável ou não.

Dessa forma, por mais que o estudo de palavras-chave seja feito, e que os títulos, headings e links internos sejam otimizados para a palavra, de nada valerá se a sua página não tiver relevância perante o Google.

Saiba com estas 4 dicas a importância de criar conteúdo para o seu público:

#1. Conheça seu público

É essencial e primordial. Para se relacionar, tem que conhecer. Estude a fundo o público alvo da sua empresa e fuja das tabelas demográficas que fazem pouco sentido na hora de escrever um post que ajuda o seu cliente a usar um produto, por exemplo. Quanto mais psicológico, melhor. Entender o comportamento de compra ajuda muito na hora de gerar conteúdo.

#2. Tenha um cronograma

Para fintar a falta de recursos – pode ser tempo, equipa ou até orçamento – o melhor é ter disciplina. Esteja sempre preparado, mantendo sempre alguns posts, palestras e podcasts em standby. Se algum imprevisto surgir, a sua marca terá conteúdo para alimentar os canais de informação.

Uma dica é gerar conteúdo em blocos: faça uma triagem de assuntos e estruture a publicação através de agendamento. Descubra a frequência dos seus concorrentes e a veracidade por informação do seu mercado – eles são um bom indicador.

#3. Diversifique o conteúdo

O reflexo de conhecer os interesses do seu público surgem aqui, na hora de diversificar – e definir – os temas dos conteúdos a serem criados. É necessário definir os objetivos da empresa nas redes sociais, por exemplo – definir o porquê de estarmos a criar conteúdos e até perdermos tempo com isso – para então, escolher os canais principais. É interessante estar onde o seu cliente está. Se ele está no Twitter, pode ser estratégico para a marca estar nessa rede social.

#4. Monitorize os resultados

Mantenha as métricas oficiais como por exemplo; número de reclamações, horas de call center, ROI, vendas, lucratividade etc. Além dessas, mantenha métricas como o engajamento, cometários, alcance e share social. Eis o mundo do SRM ou Social Relationship Management, o CRM das redes sociais.

O importante é gerir e ter toda a  informação do nosso lado. Existem ferramentas gratuitas, as ferramentas pagas para gestão de marcas nas redes sociais e também verdadeiros softwares para Inbound Marketing – que apresentam já a informação sobre tudo aquilo que é postado.

Se a sua empresa quer ser vista como a referência no assunto, é importante que ela própria produza conteúdo e mostre seus conhecimentos.

Como medir o ROI do marketing digital

O ROI (Return on Investiment, em português, Retorno sobre o Investimento) é a chave do sucesso para qualquer iniciativa em marketing.

Nos negócios, é sempre importante verificar se o investimento é rentável e qual é a importância no planeamento do marketing digital entre as agências e empresas que procuram continuamente pela fidelização da marca junto ao seu target e também na busca de novos potenciais clientes.

O truque é determinar o que se considera a medida-chave do sucesso.

Planear, desenvolver e executar uma campanha publicitária são práticas já consagradas por empresas que querem melhorar e posicionar a sua marca no mercado. Muita gente ainda acredita que é difícil acompanhar e medir os esforços do marketing online, até poderá ser verdade. As empresas precisam de conhecer a aceitação ou rejeição detalhada pelo produto ou serviço.

A era digital levou às companhias a refletirem sobre a questão “comunicação em massa”  versus “comunicação segmentada”.

Por permitir uma comunicação sustentada por tecnologias que ajudam as empresas a conhecerem melhor o comportamento e o desejo do seu target – fatores primordiais para se atingir altas taxas de retorno do investimento de uma campanha, o ROI ganha notoriedade e cada vez mais tem um papel muito importante em todas as ações do marketing digital.

Algumas barreiras ainda impedem que as empresas no processo de implementação das métricas de ROI para as ações de marketing. A capacitação e o domínio técnico podem prejudicar essa análise. Diria também, o medo do desconhecido

Nos diversos canais digitais, seja publicidade, procura orgânica, social media ou email marketing, como é que podemos medir tudo isso? para ultrapassar essas dificuldades devemos implementar as cahamadas tecnologias de analytics. Como por exemplo o Google Analytics que é uma ferramenta muito utilizada para as medições de tudo o que se passa no nosso website. Quanto mais se souber sobre o nosso público e mais focada for a comunicação, maior as chances de sucesso.

Conheça algumas métricas frequentemente usadas em campanhas digitais para medir o ROI:

  • Visitantes do site
  • Números de cliques em banners e campanhas de e-mail
  • Reclamações dos clientes
  • Comentários do blog
  • Interações no Facebook
  • Palavras-chaves procuradas
  • Etc…

É fundamental definir claramente a forma como é que pretende medir os seus esforços online. Depois de ter determinado por exemplo que a sua métrica princiapal é o custo por ação (CPA), a partir daqui com esta métrica, pode facilmente determinar qual o(s) canal que vai medir o ROI.

A partir do momento que tem todo o planeamento e estartégia criada, assim como preparado o ROI, torna-se mais fácil definir objetivos e alterar sempre em função dos resultados obtidos ao longo do tempo. Ao entender melhor o comportamento dos seus visitantes(público-alvo) e quais os canais que eles chegam até si, medir o ROi torna-se muito mais fácil.

As ferramentas de analytics (existem várias), ajudam-nos a tomar essas decisões. Por isso a importância do Marketing Digital torna-se cada vez mais importante implementar nas empresas, podemos ter vários canais digitais para chegar até junto do nosso público-alvo e assim aumentar as vendas.

Sobre Miguel Brandão

Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Trabalho com a Internet desde 2004 em WebDesign, SEO, SEM, WebMarketing, Email Marketing, Link Building, Landing Pages e posicionamento de websites.

Check Also

Conversa com amigo sobre Marketing Digital (vídeo+podcast)

No passado dia 16 de Dezembro’15, estive à conversa com o meu amigo Vasco Marques ...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *