Home / Web Marketing / Halloween: os medos para quem tem 1 Blog

Halloween: os medos para quem tem 1 Blog

A comemoração do Halloween é sempre boa para quem gosta do tema ligado ao terror e ao medo. Não é o meu caso, até porque sou um grande fã de filmes de terror 🙂 . Já no ano passado escrevi um artigo também dedicado ao Halloween mas sobre uma questão um pouco mais séria: as pesquisas que os usuários fazem no Google por termos que devemos ter mesmo medo!

medooooEste ano resolvi fazer um artigo um pouco diferente do ano anterior e escrever sobre os medos que diversas pessoas sentem quando se sentam em frente ao computador para colocar conteúdos no seu Blog. Ou seja, aqueles medos que todos nós, que temos Blogs sentimos em certos momentos ao longo da vida de um Blog, seja pessoal ou até de uma empresa.

Quais são os medos e como os superar?

Como é normal para quem escreve e tem de manter um Blog sempre ativo, é uma luta constante com as barreiras e medos criados por… nós próprios! Sim, somos nós que criamos os nossos obstáculos e medos. Eu próprio também passei por isso tudo e por vezes as barreiras e os medos parecem que querem voltar, mas devido à minha experiência já ultrapasso tudo isso quase sem me aperceber.

Vou começar pelo princípio

No momento em que pensei: vou abrir o meu Blog! Simples, vou escrever e partilhar o meu conhecimento e experiência sobre marketing digital, web marketing e tudo o que envolva este tema.

Tudo parecia simples e muito fácil… Até que fui percebendo que afinal não era assim tudo tão fácil e os medos começaram a aparecer, alguns desses medos foram:

  • O que vou escrever?
  • Será que o meu Português está correto? Sem erros? Frases bem escritas?
  • Quem vai ler? Qual o meu público-alvo?
  • Os conteúdos que vou passar, serão úteis?
  • Tenho medo de passar por vergonhas.
  • De ser criticado nas redes sociais pelos meus artigos.
  • Afinal, como é que se escreve um artigo interessante?
  • Como vou manter o meu Blog sempre com conteúdos interessantes?
  • Etc…

troolsReparem na quantidade de medos que fui criando à minha volta. Será que vale mesmo a pena disto tudo? Claro que o tempo é o nosso melhor amigo porque vamos superando tudo isto e aprendendo muito com os nossos próprios erros. Uma das coisas que fui aprendendo ao longo destes anos com este meu Blog: ninguém é perfeito!

Há muitas invejas, críticas ao nosso trabalho mas principalmente quando começa a crescer. Quando começamos a ficar conhecidos e a ter muitas visitas. Os Trolls aparecem por todo o lado para nos destabilizar e ativar os nossos medos.

Mas vou então partilhar mais um pouco com você a minha experiência sobre estes medos e barreiras que surgem para quem tem um Blog e quer que o seu projeto cresça online. Pegando nos pontos em cima:

O que vou escrever?

Muito sinceramente este é um dos grandes medos iniciais e até ao longo do tempo de vida do nosso Blog. O que vou escrever? Para além da procrastinação, temos de conseguir ter sempre ideias e atuais para escrever constantemente conteúdos originais e que sejam interessantes para o nosso publico-alvo.

Há ferramentas que ajudam, vou indicar 3 gratuitas e muito simples de utilizar:

  1. Google Trends – informação sobre os temas mais atuais e as suas tendências na web.
  2. Google Alerts – coloque keywords nesta ferramenta e receba os sites que as mencionam no seu email.
  3. Buzzsumo – conseguimos saber(por KW ou site), quais os artigos mais partilhados.

Divida os grandes temas por sub-temas e crie series de artigos. Vai ver que à medida que vai escrevendo, vão surgindo muitas outras ideias, aponte-as. Tente perceber quais os artigos mais comentados no seu Blog, Facebook e Twitter e crie novos artigos variantes desses mesmo. Analise a concorrência e escreva sobre o mesmo assunto que eles conseguiram gerar mais partilhas nos seus artigos.

Será que o meu Português está correto? Sem erros? Frases bem escritas?

É importante os textos estarem escritos minimamente bem e sem erros. Eu próprio, quando tenho alguma dúvida vou ao Google e pesquiso. Claro que é importante os artigos estarem bem conseguidos e sem erros ortográficos. No entanto deixe-se fluir à medida que vai escrevendo e depois no final faça as devidas correções.

Se você quer passar uma mensagem de autoridade no nicho em que está presente e está a trabalhar o marketing pessoal, deverá ter esta questão em conta. No entanto, não tenha medo de passar algum erro ortográfico ou frase mal construída. É a vida e pode acontecer a qualquer um. Lembre-se; ninguém é perfeito!

Quem vai ler? Qual o meu público-alvo?

Aqui é importante tentar perceber quem é o nosso público-alvo para depois você partilhar os seus artigos em grupos desse tema no Facebook, no Google+ e também no Linkedin grupos. A partir daí quem gostar vai entrar no seu blog e vai ler, outros não! Mas não se preocupe é normal poucas pessoas lerem os nossos artigos 🙂 até porque ainda nem nos conhecem e ainda não temos nenhum autoridade nesse tema.

Os conteúdos que vou passar, serão úteis?

Este assunto está relacionado com o anterior. O que posso recomendar para você é que não deixe de publicar conteúdos, quem gostar fica seu seguidor, quem não gostar, vai embora. Não se preocupe não, eu prefiro ter poucas visitas/leitores do que ter muitas e que só criticam! Poucos mas bons, esse é o lema. Não tenha medo dos Gurus ou dos seus amigos que acha que percebem mais que você. Esqueça-os! Pense no seu Blog.

Tenho medo de passar por vergonhas

Eu, no inicio que criei este Blog, esse foi um dos meus maiores medos e até deixei de escrever conteúdos durante bastante tempo. E porquê? Com medo dos outros fazerem criticas sobre o que eu escrevia, se os conteúdos eram válidos ou não, se estavam certos ou errados, e muito mais…

Posso até dar exemplo: nos primeiros artigos que ia escrevendo aqui, eu até colocava as fontes de onde eu retirava as ideias(não texto) e mencionava autores de livros, etc… Quase que parecia eu estar a fazer uma Dissertação para faculdade!

O que eu ganhei com isso? NADA! O meu Blog esteve parado durante muito tempo devido a esse medo, demorava horas e horas a criar um conteúdo e no final, ninguém lia os meus artigos. E porque? Porque na web os leitores não querem saber disso, apenas querem ler para aprender e não querem saber de conteúdos que não os ajuda em nada! Temos de dar respostas e ajuda quando os usuários procuram online, foi o que aprendi!

De ser criticado nas redes sociais pelos meus artigos.

Também relacionado com o ponto em cima, para quem está a começar com um Blog, prepare-se que isto vai acontecer mais tarde ou mais cedo. O que tem de fazer? É o seu trabalho e seguir em  frente, nem sequer se dê ao trabalho de se preocupar com isso. Nas redes sociais há imensos Trolls!

Uma vez, no Facebook depois de eu partilhar um dos meus artigos, foi uma chuva de criticas. Mas sabe o que fiz? Convidei cada um deles que estava criticando para escrever um artigo e que eu publicava no meu Blog com um link a apontar para um site deles como referência.

Sabe quantos aceitaram?

ZERO! NENHUM! NINGUÉM

É muito fácil criticar o trabalho dos outros, mas fazer melhor já não é assim tão simples 🙂

Afinal, como é que se escreve um artigo interessante?

Isto ninguém sabe! Não existe um segredo ou mágica, posso garantir. No entanto conseguimos saber o que os nossos visitantes procuram no nosso Blog e com o passar do tempo você vai perceber isso mesmo e quase instintivamente vai escrever artigos para lhes dar essas respostas. O que recomendo é que vá testando o seu público-alvo, para perceber o que eles mais gostam de ler.

Como vou manter o meu Blog sempre com conteúdos interessantes?

No online as coisas vão sempre evoluindo e você vai ter de acompanhar essa evolução. Há sempre algo de novo a acontecer e que você pode falar/escrever, etc… Eu por exemplo, gosto de publicar artigos sobre ferramentas web gratuitas e como pode ajudar os blogs e sites dos meus leitores. Depois acho que todos os usuários gostam de saber um pouco mais da vida privada do blogueiro, então falo das minhas férias, eventos, e de alguns locais que eu visito.

halloween

CONCLUSÃO

Pela minha experiência, o que posso recomendar para você é que não se foque nos seus medos mas sim em fazer crescer o seu Blog. Com o passar do tempo você vai afinando tudo isso e melhorar os conteúdos em função dos seus leitores. Uma vez mais: ninguém é perfeito!

Pense, no offline também existem estes medos e até outros bem piores e o que temos de fazer?

Seguir em frente no nosso caminho e ignorar todos aqueles que nos tentam deitar abaixo. No online é exatamente igual, os Trolls estão escondidos atrás de um computador deitando sempre abaixo o nosso trabalho, mas não conseguem fazer melhor!

Para finalizar, siga em frente, ignore os medos e divirta-se… E aproveite o Halloween para pensar na próxima estratégia de seu Blog!

Partilhe este artigo com os seus amigos.

[Total: 0    Average: 0/5]

Sobre Miguel Brandão

Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Trabalho com a Internet desde 2004 em WebDesign, SEO, SEM, WebMarketing, Email Marketing, Link Building, Landing Pages e posicionamento de websites.

Check Also

SEO e Blog

Para SEO: o blog deve estar dentro ou fora do site?

Esta é uma questão muito importante no que toca a uma estratégia de SEO que ...

2 comentários

  1. Victor Silva

    Excelente Post Miguel. Sem medos e inspirador. Parabéns!

    P.S. Os trolls andam à solta… 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao navegar neste site, está a concordar com o uso de cookies. mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close