Home / Google / Google Mobile Update – Toda a verdade!

Google Mobile Update – Toda a verdade!

Sim, toda a verdade! No dia 21 de Abril acho que foi um dos dias mais falados por toda a web devido ao Google Mobile Update. E tudo por culpa do próprio Google que andou a avisar toda a gente e muito antecipadamente, para que todos os websites se preparassem e adaptassem para as versões Mobile, dizendo que iria lançar uma atualização(Update) no seu algoritmo.

Como já sabemos há muito tempo, que as pesquisas por parte dos usuários estão cada vez mais a crescer em dispositivos móveis, já não é de agora que mais tarde ou mais cedo isto iria acontecer. O problema de tudo isto, foi o Google alertar publicamente que, os sites que não estivessem preparados/adaptados para Mobile “poderia sofrer” com isso…

google mobile update
Fonte: webmaster central blog oficial

A confusão instalou-se, criou-se o pânico por parte daqueles que andam à caça de clientes para fazer sites; o seu site não está preparado para mobile? Então, no dia 21 de Abril vai desaparecer do Google…

De uma forma geral, era isto que se lia/via por toda a web. Eu diria que os pseudo-entendedores de SEO também ajudaram à instalação do pânico 🙂

Mas, agora na minha opinião, acho que o Google não faz as coisas por fazer. Isto de eles avisarem antecipadamente que iriam fazer uma atualização do seu algoritmo é de desconfiar(no mínimo). Vamos lá então saber o porquê(na minha perspetiva).

Como é que o Google ganha os $$milhões? Uma grande parte(perto de 90%) é da publicidade do Adwords. Até aqui tudo bem.

Agora vejamos: como é que os anúncios(adsense) aparecem nos sites que não estão optimizados para mobile? Mal, muito mal. Os usuários não clicam! Eu já li algures na web(não me lembro da fonte) um estudo, onde analisavam exatamente esta questão, os usuários estavam a utilizar cada vez mais os seus dispositivos móveis(Phone & Tablet), para acederem à Internet e procurarem a informação que precisavam.

Os anúncios do Google(Adsense) não eram “agradáveis” nos websites e por vezes “escondiam” a informação contida nos websites que o usuário queria ler.

Se pararmos um pouco para pensar neste assunto, podemos facilmente perceber que o Google provocou todo este pânico geral na Web;

Na minha opinião e sem estar a criar “filmes” em volta desta questão, achei tudo muito estranho e o que posso concluir é que o Google pretende que os websites estejam preparados para mobile para que assim possa faturar ainda mais com o Adwords! Ponto!

Mas agora, vocês perguntam: mas o mobile não é o futuro? Sim é! Mas onde está esse futuro? Por exemplo, os usuários vão fazer compras numa loja online através do Smart Phone? Certamente poderá ajudar a tomar decisões de compra, mas quando chegar a casa ou ao escritório é que o usuário vai efetuar a compra!

Também diziam que o Facebook iria ser: website, loja online e mais não sei o quê… Criaram-se muitas empresas em volta do Facebook com o intuito e objetivo de ser possível utilizar o Facebook como loja online. Tudo dentro da página oficial de determinada marca/produto/serviço do Facebook… E não só… Muitas outras integrações que poderia elaborar um DOC com centenas de páginas só com essa informação.

Alguém conhece uma loja online dentro do Facebook e que alguém faça compras? Certamente não. Com este exemplo apenas quero dizer que o objetivo das (grandes/gigantes)marcas/empresas é faturarem cada vez mais e verem os lucros crescerem. É disto que vivem as grandes empresas.

Acham que o Google está com pena do usuário, coitadinho, que não consegue navegar num site que não é amigável para dispositivos móveis? Acham mesmo?

Então o que fizeram? Alertar toda a gente! Olha que no dia 21 as coisas vão alterar… E toda a gente entrou em pânico, uns conseguiram fazer mais sites responsive, os pseudo-entendedores de SEO conseguiram vender mais serviços, etc.

Ou seja, nesse espaço de tempo criou-se uma bolha em volta deste assunto que rebentou no dia 21 de Abril.

E… O que aconteceu?

Mais uma vez.. Nada… Ou, quase nada…

E, quem ganhou? O Sr. Google pois claro!

No entanto, temos de seguir as regras e indicações, mas não vamos nem devemos entrar em pânico. Recomendo a leitura deste artigo que escrevi aqui no blog: Devemos acreditar em tudo aquilo que o Google nos diz?

Este assunto, até nos órgãos de comunicação social apareceu, dizendo que os websites que não estiverem preparados para mobile iriam ser penalizados… E mais uma quantidade de asneiras e informação errada. Vejam o exemplo desta noticia num grande portal em Portugal.

A confusão foi total, para a maior parte esta atualização do Google iria penalizar tudo. Mas para quem percebeu, já sabia que o Google apenas iria atualizar o seu próprio algoritmo no seguinte:

  • Apenas iria afetar nas pesquisas em dispositivos móveis
  • Iria afetar os resultados das pesquisas em todos os idiomas
  • Iria afetar a páginas concretas e não a páginas web inteiras

Mas ao ler aquele artigo em cima(do portal Sapo TeK) parece que tudo iria desaparecer do Google se não estivesse optimizado para os Smart Phones e Tablets. Enfim…

Para quem não conhece, eu recomendo a leitura de um artigo muito bem explicado sobre este assunto escrito por Pedro Dias(ex funcionário Google), onde descreve tudo direitinho para ficar a perceber melhor toda esta confusão gerada por várias pessoas e que foi crescendo(tal como uma bola de neve) por toda a web.

Para além disso, assista ao vídeo onde o mesmo Pedro Dias explica tudo direitinho sobre esta atualização do Google.

Partilhe este artigo com os seus amigos.

[Total: 0    Average: 0/5]

Sobre Miguel Brandão

Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Trabalho com a Internet desde 2004 em WebDesign, SEO, SEM, WebMarketing, Email Marketing, Link Building, Landing Pages e posicionamento de websites.

Check Also

Dicas para escolher o domínio do seu site

Na hora de começar um projeto Online, seja ele para que efeito for(loja online, website ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao navegar neste site, está a concordar com o uso de cookies. mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close