Skip to content

Esquemas falsos de SEO – Parte II

Para aqueles que vão dizendo que o SEO morreu, cada vez mais tenho uma certeza! SEO não morreu, está bem vivo, apenas está mais difícil(e ainda bem) e sempre em constante alteração. Desenganem-se aqueles que acham que SEO é coisa do passado e que já não tem interesse em continuar a apostar. Sobre este assunto eu já publiquei aqui no blog um artigo onde partilho a minha opinião e experiência sobre se devem apostar ou não em SEO.

Ok, mas voltando ao inicio do artigo, onde digo que o SEO não morreu e está bem vivo; é sobre isso mesmo que vou falar aqui. Esta semana recebi um email que mais uma vez me deixou um pouco a “balançar” e depois de uma pesquisa no Google descobri algo de estranho…

O Email muito estranho…

Eu tenho um artigo aqui no blog, onde partilhei alguns dados sobre o crescimento do volume de negócios gerados em e-commerce. Nos conteúdos faço referência à empresa que efetuou o respectivo estudo e que também elaborou um infográfico, com links externos para a devida fonte.

Normalmente eu partilho a fonte original dos conteúdos que utilizo, entendo que o devo fazer e de bom agrado. Mas, recebi um email da suposta empresa[invesp.com] onde fui buscar essa info. e(digo mais uma vez) que tenho links externos a apontar para o site deles, a pedir-me o seguinte:

email suspeitoResumindo; a empresa onde fui buscar os conteúdos e que eu tinha no meu artigo a apontar links externos, estava a entrar em contato comigo para eu colocar “NoFollow” ou então remover esses links! À primeira vista parecia ser um email perfeitamente legitimo, o endereço era Gmail mas tinha o nome da empresa.

Quem se daria ao trabalho de criar um endereço no Gmail para fazer algo que não fosse legitimo? Quem se daria ao trabalho de contatar os responsáveis das páginas onde tinham backlinks da referida empresa? Este seria um trabalho muito chato e para obter que tipo de resultados?!

Muito estranho…Mesmo muito estranho… Foi exatamente o que fiquei a pensar quando li o email que me enviaram. E comecei a pensar se fazia sentido ou não o que estavam a pedir…

Pesquisa sobre este assunto…

Para tirar as dúvidas, uma vez mais fui ao meu amigo Google para fazer uma pesquisa sobre este assunto. E qual o meu espanto!

No blog da MOZ já tinham um artigo escrito no dia anterior(5 Junho), exatamente falando sobre este tipo de emails. Ao fazer a comparação com o email que eu tinha recebido, percebi imediatamente que era a concorrência do site onde eu fui buscar a informação desse meu artigo que estava a utilizar técnicas Black Hat icon-ban  e a tentar penalizá-los!

Aqui no meu blog eu já tinha escrito sobre outra técnica também muito duvidosa de tentativa de conseguirem backlinks com esquemas falsos.

Qual o objetivo?

Já imaginaram o trabalho que a concorrência está a ter para retirar backlinks da empresa que está bem posicionada e que utilizou técnicas de SEO inteligentes e virais com conteúdos de valor para os visitantes?!

O objetivo é apenas 1, penalizar quem está bem posicionado! E o Google, será que consegue apanhar ou perceber? Não, não consegue!

Com este tipo de técnicas, será que pode-se dizer que o SEO está a morrer? Claro que não meus amigos, cada vez mais está a tornar-se mais valioso conseguir chegar à primeira página das SERPs.

Agora, preparem-se porque vale tudo e a concorrência é muito feroz, mas no off line é exatamente igual! Não podemos esquecer que são pessoas que fazem este tipo de trabalhos. Portanto o mundo Online também está sujeito a situações estranhas e de muita maldade!

Embora o Google não consiga apanhar este tipo de esquemas, mas acho que vai estando atento e por isso está constantemente a atualizar o algoritmo. Não é nada normal um site bem posicionado, de repente e de um momento para o outro perder uma grande percentagem de backlinks!

E aqui temos de ser nós(que apanhamos este tipo de esquemas) que devemos divulgar e até fazer chegar aos Srs do Google para que eles comecem a analisar e tomar medidas.

Para finalizar, SEO não morreu, nem vai morrer! Está é a tornar-se muito valioso!



Miguel Brandão on FacebookMiguel Brandão on FlickrMiguel Brandão on InstagramMiguel Brandão on LinkedinMiguel Brandão on TwitterMiguel Brandão on Youtube
Miguel Brandão
Miguel Brandão
Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui também estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Desde 2004 que trabalho Online para clientes e projetos próprios. Atualmente sou CEO da SEOlabs.pt com serviços de SEO. Sou responsável de diversos sites e blogs de diversos nichos em Portugal, Espanha, Brasil, Colômbia e Peru.