Skip to content

Domínios .xxx vão arrancar na Internet



A “batalha” de anos em que muitas entidades insistiam em existir na Internet  um domínio específico .xxx finalmente acabou. Quantas vezes mesmo experientes da Internet quando clicamos num banner não suspeito vamos parar a sites com conteúdos adultos onde o domínio é .com?

Finalmente já vamos poder filtrar esses domínios para os mais novos e de certeza haverá uma maior controlo sobre esse tipo de conteúdos. Será discriminação? Não sei, talvez! Mas o mal disto e como sempre pagam o justo pelo pecador!

A saga dos domínios .XXX começou em 2000 quando foi inicialmente proposto pelo ICM Registry, a entidade por trás destes domínios. A proposta voltou a ser submetida em 2004, mas enfrentou uma forte oposição de políticos e grupos conservadores. O processo continuou em 2005 e 2006, quando este tipo de domínios foi finalmente rejeitado. Os apoiantes do .XXX voltaram à carga em 2007 e 2010, e agora o ICANN acabou por aprovar, finalmente, o seu uso.

Esta decisão não agrada, todavia, nem à indústria do entretenimento para adultos nem aos defensores da liberdade de expressão, que receiam que o uso deste tipo de domínios venha a gerar censura em larga escala.  As primeiras páginas a estar online, apesar de ainda não terem conteúdo são xxx.xxx, sex.xxx e porn.xxx.

Segundo o site tecnológico TechRadar (http://www.techradar.com) há mais de 200 mil sites de conteúdo adulto pré-registados com o domínio .xxx, que devem ficar online brevemente.

Fonte: exame informática

Miguel Brandão on FacebookMiguel Brandão on FlickrMiguel Brandão on InstagramMiguel Brandão on LinkedinMiguel Brandão on TwitterMiguel Brandão on Youtube
Miguel Brandão
Miguel Brandão
Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui também estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Desde 2004 que trabalho Online para clientes e projetos próprios. Atualmente sou CEO da SEOlabs.pt com serviços de SEO. Sou responsável de diversos sites e blogs de diversos nichos em Portugal, Espanha, Brasil, Colômbia e Peru.