Home / SEO / Criar artigos e optimizar para keywords

Criar artigos e optimizar para keywords

Gostaria de explicar neste artigo um pouco da minha experiência no que toca a profissionais e empresas que dizem fazer serviços de SEO. Em algumas empresas pensam que SEO é fazer umas coisas no site e já está, outras pensam que basta fazer aquilo que o Google e o Sr. Matt Cutts vão dizendo através dos seus canais oficiais e outros ainda pensam que SEO é apenas posicionar 1 keyword apenas…

Quando trabalhamos o SEO de um website, o objetivo é posicionar o máximo de keywords possível ligadas ao nicho que estamos a trabalhar para que assim as visitas vindas do Google aumentem gradualmente e naturalmente ao longo do tempo.

Mas como podemos posicionar várias keywords em websites estáticos, com poucas ou nenhumas atualizações de conteúdos?

Depois, temos empresas que publicam um artigo 1 vez por mês todo XPTO que demoram horas por vezes dias, com conteúdos quase científicos e bastante completos e pensam que por si só vai posicionar lindamente bem…

Lamento dizer, mas conteúdos(por muito bem escritos que estejam) sem optimização para determinada keyword que tenha tráfego, não vai posicionar!

Será que devemos implementar tudo aquilo que o Google diz?

Ou então, pode posicionar sim, mas no ano 2058 🙂

É preciso criar conteúdos que os utilizadores estejam à procura e depois optimizar!  Sem perceber isso, não vale a pena andarem a perder tempo a escreverem textos/artigos XPTO e depois não há retorno nenhum.

Respondendo à pergunta que coloquei em cima: como podemos posicionar várias keywords em websites estáticos, com poucas ou nenhumas atualizações de conteúdos?

Fácil, temos de criar novas páginas(que pode ser blog ou notícias ou novidades, mas que esteja dentro do mesmo domínio) e criar conteúdos que tenham as respostas que os utilizadores procuram e depois optimizar para se conseguir um bom posicionamento no Google. Não há milagres, há é muito trabalho.

Como saber e o que fazer para encontrar temas e assuntos para escrever artigos

A procura e selecção de palavras-chave é essencial para otimizar os nossos conteúdos que vamos escrever. Como um dos objetivos é posicionar itens e keywords para obtermos as melhores posições possíveis no Google e de forma  progressiva para assim direcionar o tráfego para o nosso site.

A seleção de palavras-chave é um passo muito importante para a otimização do conteúdo. Vamos ter de analisar e escolher termos com um bom volume de pesquisa e se possível com pouca concorrência. Esse será um dos objetivos.

Existem diversas ferramentas que nos ajudam com estas tarefas, uma das mais conhecidas e utilizadas é o Planeador de Palavras-Chave do Google que eu utilizo e recomendo a todos a sua utilização.

E o tamanho do texto conta?

Atualmente, devemos escrever conteúdos com mais de 500 palavras. Não é um número exato, deve escrever naturalmente e deve ter o máximo de palavras possível. Se ultrapassar as 500 palavras, não há problema nenhum, assim como se não tiver 500.

Aqui o mais importante é criar texto o mais natural possível e que não seja curto de mais. Porque senão o Google pode interpretar que textos curtos e optimizados podem ser SPAM e desta forma não conseguimos o melhor posicionamento.

A qualidade dos conteúdos, como fica?

Este ponto é muito importante. Deve criar conteúdos a pensar naquilo que os utilizadores procuram, o que eles não sabem é que esses textos estão optimizados para determinadas keywords ou termos de procura.

Mas se conseguirmos tudo isto, será perfeito. E porquê? Porque de certeza que o utilizador vai gostar do que leu, vai recomendar, partilhar, fazer gosto e vai voltar ao site e também vai navegar por outros conteúdos que estão escritos no site.

Mas isto não é assim tão fácil como parece ser, é necessário muito trabalho e perceber muito bem aquilo que os visitantes procuram para lhes dar a resposta.

Optimização dos textos

Agora é quando o verdadeiro trabalho de SEO de conteúdos começa. A primeira coisa que temos que otimizar é o título dos artigos. Se possível deve conter a keyword ou termo que pretendemos optimizar.

Dicas para escrever artigos em blogs

Entre outras funções, o atributo title é o resultado que o Google exibe na maioria dos casos (nem sempre) nos resultados da pesquisa… e aqui reside grande parte da sua importância.

Por outro lado, os motores de busca usam o título para obter conteúdo de informação da página, por isso devemos incluir as principais palavras-chave. Se possível devemos ter títulos em volta do 60/65 caracteres, isto porque depois nos resultados das pesquisas, normalmente o Google corta as restantes palavras.

Ferramenta para optimização de textos

Por isso, e em conclusão, para otimizar o título, devemos considerar que:

  • O seu tamanho deve rondar 60-65 caracteres
  • Deve conter a palavra-chave principal
  • Deve ser atraente para que o utilizador clique no resultado da pesquisa
  • Tem que ser descritivo do conteúdo da página
  • Também é importante optimizar a descrição para que assim ajude a aumentar o CTR

O texto deve ser atraente (pode incluir uma chamada à ação) para obter um melhor CTR. A densidade semântica é essencial ao posicionar o conteúdo. A este respeito, deve incluir a palavra-chave e as variações numa densidade aceitável. Não abuse. Até há quem fale em percentagens, eu recomendo que seja o mais natural possível

  •  URLs amigáveis para os utilizadores e motores de busca. O que isto significa? Além de conter as palavras-chave devem apresentar letras minúsculas, números e hífens apenas. As URLs semânticas são muito mais fáceis de lembrar para o visitante e assim fornecer informações sobre o conteúdo do site
  • Não esquecer enviar um mapa do site para os principais motores de busca para ajudá-los a navegar no nosso website (permitindo acesso mais facilmente ao nosso conteúdo). Se queremos que o nosso conteúdo obtenha os melhores resultados ao longo do tempo a médio longo prazo e com duração, não só tem que se esforçar para otimizar o SEO dos artigos mas também as imagens e vídeos

Recomendo também uma das ferramentas do Google(gratuita) muito interessante para obtermos mais informação das keywords como também conseguir obter tendências e até muitas ideias para novos conteúdos: Google Trends.

Por último, gostaria de recomendar esta ferramenta para sabermos quais os conteúdos mais partilhados nas redes sociais por país. Muito interessante para percebermos os termos mais partilhados e criarmos novos textos para artigos. Basta colocar keywords na caixa de pesquisa.

Sobre Miguel Brandão

Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Trabalho com a Internet desde 2004 em WebDesign, SEO, SEM, WebMarketing, Email Marketing, Link Building, Landing Pages e posicionamento de websites.

Check Also

SEO onpage

SEO on-page: como criar uma página perfeita(2016)

Para quem escreve conteúdos, deverá ter sempre em conta uma boa optimização. Porque os textos ...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *