Skip to content

Como o Google avalia os conteúdos sempre actualizados – (Vídeo)

A questão das actualizações frequentemente em blogs e websites através da publicação de novos artigos e que poderão ter mais valor para o algoritmo do Google é sem dúvida uma questão que muitos bloguers levam a sério. Uma coisa é certa, para quem escreve artigos e publica várias vezes por semana já sabe que provavelmente a taxa de sucesso em termos de conseguir mais visitas é muito maior! É evidente que cada caso é um caso! Para uns publicar artigos todos os dias pode ser benéfico mas para outros basta apenas um artigo por semana, depende…

Recentemente Matt Cutts publicou um vídeo onde explica isso mesmo, como é que o Google avalia os conteúdos sempre actualizados. No vídeo podemos ficar a perceber de que existem vários tipos de pesquisa;

  • Navegação: é quando já sabemos o que vamos à procura, por exemplo as marcas, do tipo Facebook. Vamos ao Google e digitamos o nome da marca.
  • Informativos: procura de informação ou seja, de respostas às dúvidas, por exemplo; como fazer isto ou aquilo.
  • Transaccional: são pesquisas feitas com a intenção de procurar produtos em lojas online.

Por vezes há determinadas pesquisas que necessitam de serem o mais actualizadas possíveis, como é o caso dos desastres naturais, aqui procuramos informação que seja actualizada. Os eventos são outro caso de informações “frescas”. Mas nem todas as pesquisas necessitam que sejam necessários conteúdos recentes, tudo depende do sector onde o seu blog/website está inserido.



Segundo Matt Cutts, o que nos diz neste vídeo é que existem mais de 200 sinais que são utilizados pelo Google e que por isso não devemos estar preocupados com este sinal em particular dos conteúdos “frescos”! Também não recomenda que sejam alterados os conteúdos de forma a enganar apenas o Google, adicionando palavras ou frases em artigos já existentes de modo a ter conteúdos mais recentes.

Ainda Matt Cutts, diz no vídeo de que se um blog/website não está na área das notícias, ou num outro nicho que seja necessário actualizações constantes não devemos estar preocupados com isso!

Mas aqui há uma contradição! Porque uma das actualizações que o Google fez recentemente ao seu algoritmo(Panda e Pinguim) foi precisamente isto mesmo: valorizar websites que sejam actualizados com alguma frequência! E como prova disso mesmo é a minha experiência pessoal aqui no blog Mais WebMarketing que quando deixo de publicar artigos por mais de uma semana, sinto de imediato uma quebra nas visitas e também no posicionamento das palavras-chave no Google. Portanto, será que devemos levar a sério o que nos diz Matt Cutts? Mais uma vez, na minha opinião acho que devemos estar atentos ao que se vai dizendo mas devemos é testar nos nossos projectos Online!

Miguel Brandão on FacebookMiguel Brandão on FlickrMiguel Brandão on InstagramMiguel Brandão on LinkedinMiguel Brandão on TwitterMiguel Brandão on Youtube
Miguel Brandão
Miguel Brandão
Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui também estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Desde 2004 que trabalho Online para clientes e projetos próprios. Atualmente sou CEO da SEOlabs.pt com serviços de SEO. Sou responsável de diversos sites e blogs de diversos nichos em Portugal, Espanha, Brasil, Colômbia e Peru.