Home / Google / Como estar preparado para as atualizações do algoritmo do Google

Como estar preparado para as atualizações do algoritmo do Google

Como já sabemos(ou deveríamos saber), o Google altera o seu algoritmo de busca centenas de vezes por ano e cada vez que o faz há sempre fortes probabilidades de que essas alterações possam afetar negativamente(para quem trabalha SEO) tudo o que foi feito até então.

Por vezes de forma significativa que tudo o que testámos e implementámos deixou de fazer qualquer efeito positivo!

O Google é sempre soberano!

Ainda esta semana o Google decidiu remover tudo o que seja Emojis dos resultados das pesquisas. Ou seja, muitos profissionais de SEO, utilizavam como técnica para aumentar o CTR nas SERPS a implementação de imagens Emojis para que se destacasse o título e descrição e assim levar os utilizadores a clicarem nesse resultado. (ver exemplo na imagem em baixo).

expedia-emoji-google-800x161

Esta técnica ajudava e muito a aumentar o CTR e assim ajudava também na subida do ranking do Google. Mas… Foi tudo “por água abaixo…” Este é apenas um dos muitos exemplos que anualmente os profissionais de SEO têm de se debater… E explicar isto a clientes e diretores? Não é nada fácil…

Então, o que podemos fazer para que pelo menos não sejamos apanhados de surpresa?

Para nós(SEOs) saber antecipadamente as datas dessas (possíveis)atualizações do algoritmo do Google podem ajudar a explicar as flutuações nos rankings e tráfego orgânico. Estar pelo menos atento a essas atualizações/testes/flutuações, podem ajudar-nos a saber antecipadamente no que toca a possíveis mudanças no algoritmo, que o Google está a preparar algo…

Existem algumas ferramentas na web que vão tentando analisar tudo aquilo que o Google vai fazendo no seu motor de busca e assim podemos também com a ajuda destas ferramentas preparar toda a estratégia e também um plano B.

RankRanger

Neste gráfico(em tempo real) em cima disponibilizado pela RankRanger podemos visualizar as flutuações que o Google vai fazendo. Estas flutuações podem acontecer devido a testes que o Google faz constantemente no seu algoritmo.

Esta ferramenta é uma das minhas preferidas para analisar esta questão. Gosto também da forma como eles descrevem as cores referentes às flutuações 🙂

legenda-cores-rankrangerPara além de muita informação que vai acontecendo no Google, esta ferramenta também nos dá um historial muito completo de todas as atualizações que o Google foi fazendo ao longo dos anos no seu motor de busca:

Google Algorithm Updates History

atualizações-no-google

Reparem nas flutuações que aconteceram nos primeiros 15 dias de Maio’15 que o gráfico demonstra. Isto era um sinal claro que o Google iria muito em breve proceder a mais uma atualização no seu algoritmo. Qual? Não sabemos, só mesmo depois de ser lançada é ficamos a perceber onde e o quê que o Google atualizou.

E no dia 13 de Maio, saiu uma notícia aqui onde refere que o Google atualizou o seu algoritmo e que lhe deu como nome “Phantom”.

Eu recomendo esta ferramenta RankRange para ir acompanhando as oscilações no Google. No entanto existem também outras ferramentas deste tipo gratuitas.

Algoroo

algorooUm pouco semelhante à RankRanger, mas na minha opinião mais básica e não muito intuitiva, esta ferramenta Algoroo que também analisa o comportamento do Google pode ser uma mais valia para comparação e assim tomar decisões.

Algoroo SERP Volatility Tracker by DEJANPodemos ver em tempo real, por dia o comportamento do Google em relação a oscilações que vai acontecendo. Numa escala de zero a 3, o Algorro mostra-nos como está a decorrer a SERP do Google. Na página desta ferramenta, partilha também todo o historial das atualizações do Google feita ao longo dos anos. Também interessante.

Por fim, gostaria também de partilhar a ferramenta da Moz para este efeito. Faz a medida em temperatura. Nada de especial, mas uma vez mais é sempre bom fazer comparações das 3 ferramentas para tirarmos as nossas conclusões finais.

Weather provided by MozCast

Mozcast

Como já referi, mede em temperatura as oscilações que vão acontecendo no Google. Na minha opinião, das 3 ferramentas que partilho aqui, esta é aquela em que passo menos tempo a analisar os dados. No entanto não deixa de ser interessante.

Partilhe este artigo com os seus amigos.

[Total: 0    Average: 0/5]

Sobre Miguel Brandão

Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Trabalho com a Internet desde 2004 em WebDesign, SEO, SEM, WebMarketing, Email Marketing, Link Building, Landing Pages e posicionamento de websites.

Check Also

Dicas para escolher o domínio do seu site

Na hora de começar um projeto Online, seja ele para que efeito for(loja online, website ...

2 comentários

  1. Esse é um dos pontos que eu considero vitais no SEO: tenho repetido em muitas ocasiões que o site web é um organismo vivo e mutável e que as empresas devem estar preparadas para reagir rapidamente. Tenho visto muitas marcas pecando nesse ponto e apresentando uma reatividade muito baixa às mudanças do Google. Ou seja: todo o trabalho duro do profissional de SEO vai por água abaixo em alguns poucos dias.

    • Olá Wilame.
      Concordo plenamente com o seu comentário! Por isso cabe a todos nós profissionais do Mkt Digital alertar e educar as empresas para este “problema” bem real.
      Obrigado também pelo seu comentário 😉

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao navegar neste site, está a concordar com o uso de cookies. mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close