Skip to content

Como desvendar o Not Provided do Analytics

Desde que o Google resolveu esconder as palavras-chave no Analytics através do Not Provided que as análises dos visitantes já não são a mesma coisa. Mas no entanto não é algo que não se consiga dar a volta. É o que eu vou explicar neste artigo.

O que é o Not Provided do Google Analytics

De uma forma muito simples, é a soma das palavras chave com que os visitantes chegaram até às páginas do seu blog/site. Mas isto apenas acontece se estiver logado no Google. Segundo este gigante da web esta foi a forma encontrada para ter em conta as questões de privacidade de quem navega na Internet, algo que na minha opinião é um perfeito contra-senso até  porque a ferramenta do Google Adwords – Planeador de palavras-chave já não existem palavras-chave Not Provided como sugestão e também utilizam essas mesmas palavras para utilizarem nas médias desses mesmos resultados. O Google é assim e vamos ter de continuar a viver com isso.

No entanto há sempre possibilidades de contornar esta situação em concreto, vamos ver então como podemos fazer isso.



Como desvendar o Not Provided do Analytics

Em primeiro lugar deve entrar na sua conta do Analytics. Depois clicar no painel do lado esquerdo > Origens de Tráfego. Repare que já consegue visualizar as famosas 2 palavras Not Provided.
Clique nessas palavras.

Tutorial Not Provided Analytics

Depois de clicar em Not Provided faça o seguinte:

Clique em Dimensão Secundária > Origens de Tráfego > Página de destino


Tutorial Not Provided Analytics

O resultado é que agora já temos todas as páginas(ver imagem em baixo) que os visitantes entraram através das palavras-chave que estão escondidas em Not Provided. Mas como é que sabemos afinal quais são as palavras-chave? Intuição e alguma perspicácia.

Tutorial Not Provided Analytics

A partir da página de destino já conseguimos perceber quais serão as palavras-chave que deram origem às visitas. Claro que não é algo exato, mas é uma forma muito simples de se perceber o quais as páginas de entrada que originam as visitas do Not Provided. Esta é a técnica que eu utilizo quando estou a analisar o meu Analytics. Voçês conhecem outras técnicas?

 

Miguel Brandão on FacebookMiguel Brandão on FlickrMiguel Brandão on InstagramMiguel Brandão on LinkedinMiguel Brandão on TwitterMiguel Brandão on Youtube
Miguel Brandão
Miguel Brandão
Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui também estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Desde 2004 que trabalho Online para clientes e projetos próprios. Atualmente sou CEO da SEOlabs.pt com serviços de SEO. Sou responsável de diversos sites e blogs de diversos nichos em Portugal, Espanha, Brasil, Colômbia e Peru.