Skip to content

Assistir aos jogos da copa do mundo – Análise às estratégias de SEO

Para assistir aos jogos na Internet do mundial de futebol que está a decorrer no Brasil é muito fácil encontrar links e sites que transmitem todos os jogos. Mas o que eu fui analisando, foram as estratégias utilizadas por muitos webmasters para conseguirem colocar na primeira página dos resultados orgânicos do Google as suas páginas de transmissão dos jogos.

Embora já tinha conhecimento de algumas técnicas utilizadas de Black Hat SEO para conseguirem chegar à primeira página, até porque o mais importante é apenas ficar na 1ª página no dia do jogo, finalmente consegui as provas, do qual vou partilhar neste artigo.

Dia do jogo EUA x Portugal

Resolvi neste dia, fazer uma pesquisa online e analisar o que se ia fazendo em sites e blogs para aparecerem na primeira página de resultados no Google e que iriam transmitir o jogo online. Vamos então começar:

 

Eram 21.45h e o jogo iria realizar-se às 23h de Lisboa.
Pesquisei no Google.pt: “assistir ao jogo EUA x Portugal”
Vejam o resultado da primeira página;
Resultados da pesquisa
Reparem no seguinte; todos os resultados orgânicos são manipulados com técnicas Black Hat SEO ic. Ou seja, o objetivo aqui seria indexar o mais rápido possível e posicionar na melhor posição possível. Todos os resultados, são páginas com links que apontam para outros sites(alguns que de fato vão transmitir o jogo e outros nem por isso – são sites com publicidade de afiliados).

Vejam que em alguns sites são com domínio .org(musescore.org & superperolas.org), outros são conteúdos colocados em sites de grande qualidade(.zendesk.com).

Mas 2 resultados chamaram-me a atenção – google.com/fusiontables. Fui pesquisar e tentar perceber melhor o que se passava aqui… Vejam a imagem em baixo;
Site de transmissão do jogoO que fizeram aqui: utilizaram uma ferramenta do Google que é o Google Fusion Tables. Esta ferramenta é para criar tabelas com informação de forma simples e muito mais…

Então, o que fizeram foi criarem conteúdos? e escrever em massa(SPAM) com as palavras-chave que queriam posicionar! E colocaram os links bem visíveis a apontar para onde queriam. Black Hat no seu estado puro!

E por falar em ferramentas do Google, apanhei também na segunda página de resultados um resultado que utiliza a ferramenta de apresentação de dispositivos do Google(Power Point).
Mais uma vez, Black Hat! Com links a apontar/redirecionar para outras páginas…
Ver imagem em baixo;
transmissão do jogoComo é óbvio eu não coloco aqui os links com este tipo de conteúdos que estou a analisar.

Conclusão

São técnicas de Black Hat SEO no seu estado puro 🙂 que funcionam e os resultados estão à vista. No entanto e quase de certeza, nas próximas horas estes sites já foram penalizados ou banidos  pelo Google e nem sequer já aparecem.

Mas isso também já não tem importância porque entretanto já conseguiram o que queriam: em poucas horas chegarem à primeira página dos resultados com as palavras-chave que tinham como objetivo e que seria a transmissão deste jogo online.

Com o aproximar da hora do jogo há muitos utilizadores que vão para o Google à procura de um site que transmita o jogo e é aqui que eles conseguem captar visitantes. E quase sempre com o objetivo de conseguirem ganhar dinheiro com afiliados!

Este tipo de estratégias são muito utilizadas, porque em poucas horas(4 a 5) pode-se conseguir ganhar muito dinheiro com afiliados e por isso compensam estas práticas!

O que podemos retirar daqui? A utilização das ferramentas do Google(Docs e outras) bem utilizadas, podemos criar bons backlinks e até possivelmente um bom posicionamento. É tudo uma questão testar. Para além disso podemos também perceber que os sites de qualidade com domínio .org são bons para conseguirmos posicionar nas primeiras páginas de resultados.

E ainda há quem diga, quem pense e quem ache que o SEO morreu!

Miguel Brandão on FacebookMiguel Brandão on FlickrMiguel Brandão on InstagramMiguel Brandão on LinkedinMiguel Brandão on TwitterMiguel Brandão on Youtube
Miguel Brandão
Miguel Brandão
Sou Miguel Brandão tenho formação académica em Marketing, Publicidade e R.P. frequentei durante 2 anos a licenciatura em Sistemas de Informação e Multimédia. Fui também estudante durante 1 semestre lectivo na Universidade de Salamanca (Espanha). Desde 2004 que trabalho Online para clientes e projetos próprios. Atualmente sou CEO da SEOlabs.pt com serviços de SEO. Sou responsável de diversos sites e blogs de diversos nichos em Portugal, Espanha, Brasil, Colômbia e Peru.